terça-feira, 6 de março de 2012

Quem Foram os Sumérios?

Por volta de 3500 a.C., os sumérios saíram das montanhas da Ásia Central à procura de terras férteis e chegaram ao sul da Mesopotâmia.

Por ser uma região com poucas chuvas, desde muito cedo os sumérios tiveram de aprender a desviar e armazenar as águas do Tigre e do Eufrates, e com isso puderam cultivar uma grande quantidade e variedade de alimentos.


Com o tempo foram constituindo cidades. Cada cidade-Estado era governada por um patési, que, além de sumo sacerdote, era o chefe político e militar.

Segundo as pesquisas os sumérios foram os inventores da escrita. Eles escreviam em taboas feitas de argila, usando um estilete de extremidade triangular que deixava sinais em forma de cunha. Com isso, a escrita recebeu o nome de escrita cuneiforme.

As cidades sumérias sempre estavam em guerra entre si, pois eles queriam estender sua dominação. Isso facilitou a ação dos acádios, um povo de origem semita que invadiu a região e se fixou ao norte Suméria.

http://www.historiadomundo.com.br







Uma Cultura Avançada





 Os sumérios foram uma civilização a frente da época que viviam. Eles chegaram a registrar informações que nossa civilização só foi (re)descobrir na idade moderna. São maquetes de abrigos anti-aéreos, livros sobre química, estudos aprofundados sobre o universo e seus corpos celestes, e cálculos matemáticos extremamente avançados para a época. A civilização grega (duas civilizações após a Suméria) no auge do seus conhecimentos, chegavam a calcular até o número 10.000. Após isso eles consideravam como infinito. Os sumérios faziam cálculos das distâncias entre os planetas de nosso Sistema Solar, inclusive quantos planetas existem, que o Sol é uma estrela e a órbita de cada um. Na colina de Kuyundjick, antiga Nínive (terra dos sumérios), foi encontrado um cálculo, cujo resultado final, em nossa numeração, corresponde a 195.955.200.000.000. Um número de quinze casas! Os gregos, no auge do saber, não passaram do número 10.000, o resto seria o "infinito".

 O curioso desse povo era a fonte de tais conhecimentos. Como uma civilização tão antiga já sabia que nossa Lua era feita de ferro? Chegavam até a chamar a Lua de “pote de ferro” - fato que só agora a NASA teve capacidade para confirmar. Como é que eles já sabiam que a Terra era redonda? Que ela não estava no centro do Universo e já sabiam da existência de Plutão (só fomos descobrir isso em 1930)? Na verdade eles afirmavam que Plutão era um satélite de Saturno que se desprendeu e tomou uma órbita própria. Mistérios que só (re)descobrimos muitos anos depois!


oestranhocurioso.blogspot.com




A Civilização Suméria e os Céus







Quem Foram


Os Sumérios foram um povo de origem desconhecida que se fixou na região da Baixa Mesopotâmia entre 3200 e 2800 a.C. Apesar da sua origem desconhecida, acredita-se que os Sumérios tivessem algum parentesco com os fundadores da cultura do Indo.

Administrativamente, os Sumérios estavam organizados numa espécie de cidades-estado (entre as quais Ur, Uruk, Kish, Lagash, Umma, Nippur e Eridu), rivais entre si, em que cada uma delas correspondia a uma espécie de senhorio eclesiástico, governado por um sacerdote. Em cada cidade, o único edifício público era o templo, um edifício de grandes dimensões que funcionava como o centro da actividade económica, política e religiosa. Apesar do poder político ter passado gradualmente para os chefes militares, os templos e os seus sacerdotes conservaram sempre o poder económico.



A Invenção da Escrita

A principal razão para a importância dos Sumérios na História Mundial é sem dúvida a invenção da escrita. Acredita-se que a invenção da escrita terá nascido da necessidade que os sacerdotes tinham em controlar o fluxo de entradas e saídas de bens dos templos. Começou por ser pictográfica e ideográfica. Contudo, o material em que era gravada (barro cozido) prestava-se mal ao desenho de linhas sinuosas e complexas, obrigando os escribas a desenvolverem outras formas de escrita. Assim, a escrita pictográfica evoluiu para cuneiforme e a ideográfica passou parcialmente a fonética.



Influência da Cultura Suméria na Região

A influência dos Sumérios fora da Baixa Mesopotâmia foi enorme. Em primeiro lugar foi o contacto com os povos semitas estabelecidos na Alta Mesopotâmia a norte de Kish (futuro país de Akkad) que permitiu levar a escrita e cultura sumérias para esta região. Mais tarde, as incursões militares para Leste e a conquista de Susa, capital do Elam, permitiram a penetração da cultura suméria e até da sua religião no país dos elamitas. A influência suméria chegou ainda mais longe, nomeadamente ao Líbano, Síria e Palestina, regiões que rapidamente aprenderam a escrita cuneiforme suméria e a adaptaram para as línguas semitas.


www.knoow.net




Os Sumérios e o 12º Planeta



Eles tinham escritos específicos sobre o sistema solar, o que nos leva a crer na possibilidade de que os Sumérios conheciam todos os planetasdo nosso sistema, sua ordem correta ao redor do sol, bem como seu tamanho e talvez até a cor de cada um. Eles chamavam Urano e Netuno de planetas gêmeos. Observe na figura abaixo:




Ali, mais para a esquerda, vemos o Sol, e mais 11 corpos a sua volta. Interessante isto, já que Urano, Netuno e Plutão só foram “descobertos” em 1781, 1846 e 1930 respectivamente (e os Sumérios não tinham telescópios).


Então juntando tudo temos o Sol, a Lua, e mais os nove planetas em nosso sistema solar, certo?

ERRADO


Ali na figura, ao redor do Sol, existe um corpo celeste a mais.
Sim, isso mesmo, tem mais um planeta ali! Veja no detalhe.


Mas que planeta será este?

De acordo com os escritos sumérios, é Nibiru, o 12º planeta (eles também denominavam "planetas" o sol e a lua em sua astronomia). E deixaram escritos sobre este planeta em tabuinhas de argila.


Nibiru significa “O Planeta da Travessia”, e recebeu este nome porque sua órbita é diferente, fazendo com que ele cruze pelas órbitas dos demais planetas do sistema solar.


Abaixo dois textos sumérios que falam sobre ele:



O grande planeta:
A sua aparência, vermelho escuro.
O céu ele divide ao meio
E permanece como Nibiru.



Planeta do deus Marduk:
Ao seu aparecimento: Mercúrio
Subindo trinta graus do arco celestial: Júpiter
Quando colocado no local da batalha celeste: Nibiru



Segundo o escritor e pesquisador da civilização suméria Zecharia Sitchin, a órbita do 12º planeta é de 3.600 anos. Cada vez que ele se aproxima e passa perto da Terra, causa uma série de eventos, como resultado da influência de seu forte campo gravitacional, já que Nibiru tem um tamanho aproximado ao de Júpiter. Segundo Sitchin, numa das vezes que o 12° planeta passou por aqui, aconteceu o dilúvio relatado na Bíblia. Esta história teve origem na Suméria, onde o Noé original se chamava Ziuzudra. Veja uma ilustração que mostra a provável órbita do planeta:


Alguns símbolos foram associados a Nibiru: Uma cruz, um globo alado e uma estrela de 8 raios. Mas o principal era o globo alado, como podemos ver a seguir.



Este símbolo aparece até nas moedas.


E agora na versão egípcia.






Os arqueólogos dizem que este símbolo representa o Sol. Mas talvez essa não seja bem a verdade.
Os egípcios deviam conhecer Nibiru, assim como os sumérios, pois seu império durou milênios. Tempo suficiente para poder testemunhar pelo menos uma das passagens deste planeta por aqui.

Pelo que parece os sumérios, a 5000 anos atrás, já conheciam todos os planetas do nosso sistema solar. Então, o mais provável é que eles estejam certos também em relação a Nibiru. E a questão é:

Quando ele vai se aproximar novamente? Será que já está se aproximando e nós(o povo) não sabemos? O que eu sei é que nosso planeta tem andado muito estranho ultimamente, e talvez isso não seja somente resultado do aquecimento global.

E mais, segundo os sumérios, Nibiru é habitado. Eles diziam que os deuses moravam lá e vinham para terra quando o planeta se aproximava. Os chamavam de Anunnaki, que significa "aqueles que do céu a terra vieram". Eles teriam criado o homem como o conhecemos hoje, e acham que a Terra e nós mesmos são sua propriedade.

Então, se Nibiru aparecer, além de problemas de ordem física em nosso planeta(lembram do dilúvio?), muito provavelmente teremos que lidar com alguns visitantes que talvez se mostrem muito indesejados.

Mais sobre esse assunto, procure os livros de Zecharia Sitchin.



Fonte: trezeluas  ufotvonline.com.br




Nenhum comentário:

Postar um comentário